Siga-nos nas Redes Sociais


TURISMO RURAL

Rio Papacaça: histórico, porém sofrido.

Publicado

dia:

Este canal é uma extensão do Rio Papacaça que existe aqui desde tempos remotos à criação da fazenda que deu origem a Vila e depois, cidade de Bom Conselho. Faz parte da construção da história destas terras e persiste até hoje apesar das sérias agressões ambientais recebidas no decorrer de toda a sua extensão.

Como aqui não existem os devidos cuidados para com o meio ambiente bem como nenhum projeto de estruturação das nossas áreas hídricas, florestais ou pelo menos com a limpeza afim de preservação destas áreas, os rios morrem, as matas desaparecem, os canais pluviais são engolidos pela ganância do homem; diante dos olhos cegos, dos ouvidos surdos e das bocas mudas dos nossos governantes!

Recebendo vida desde as nascente do Riacho lava-pés e das águas oriundas do açude da nação, esse rio começa a sofrer quando atravessa toda a a extensão da área urbana, quando passa a receber os esgotos da Cidade sem nenhum tipo de tratamento devido.

Assim, suas águas deixam de ser limpas e cristalinas para dar lugar a um estado fétido e insuportável devido a essas agressões sofridas. E o meio ambiente sofre!

Ao ser persistente em seu percurso, o rio passa por uma transformação natural ao se livrar das toneladas de dejetos recebidos da cidade, que passo a passo vai sendo descartado pela natureza deixando-o num estado de melhor sobrevivência.

Passando por diversos pontos naturais de decantação, aos poucos o rio vai tomando forma novamente e tendo suas águas recuperadas para cumprir seu objetivo de vida, matar a sede dos animais, dar vida as plantações e por fim desaguar no mar, sem sujeira, sem mau cheiro, e principalmente, sem nenhum ressentimento dos maus tratos recebidos pelo bicho homem!

ACESSOS DA PÁGINA

contador de visitas online

V-LINK FIBRA

SUNDOWN PARK

ENTRE E CONHEÇA

Apresentação vCardPRO Digital

JB NO YOUTUBE

Siga o JB no Facebook

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 951 outros assinantes

MAIS LIDAS DO MÊS