Siga-nos nas Redes Sociais


TURISMO

Turismo Rural: É preciso haver incentivos e políticas públicas para o setor

Publicado

dia:

O comportamento do consumidor de turismo vem mudando e, com isso, surgem novas motivações de viagens e expectativas que precisam ser atendidas.

Em um mundo globalizado, onde se diferenciar adquire importância a cada dia, os turistas exigem, cada vez mais, roteiros turísticos que se adaptem às suas necessidades, sua situação pessoal, seus desejos e preferências.

Vale lembrar que as políticas públicas de turismo, incluindo a segmentação do turismo, têm como função primordial a redução da pobreza e a inclusão social. Para tanto, é necessário o esforço coletivo para diversificar e interiorizar o turismo no Brasil.

Hoje, é relevante o número de propriedades rurais que incorporam atividades turísticas em suas rotinas. Afinal, cada vez mais, os turistas estão em busca de lugares onde a paisagem apresente características – naturais e culturais – próprias e onde os residentes possuam um estilo de vida diferente daquele dos visitantes.

O espaço rural – comumente associado pela população urbana à qualidade de vida – representa para o turista uma oportunidade de contato com paisagens, experiências e modos de vida distintos dos encontrados nos centros urbanos.

No entanto, para que esse segmento de turismo possa, de fato, constituir-se em um fator de desenvolvimento, são necessárias “ações de estruturação e caracterização, para que essa tendência não ocorra desordenadamente, de modo a consolidar o Turismo Rural como uma opção de lazer para o turista e uma importante e viável oportunidade de renda para o empreendedor rural”.

No Brasil, o início do Turismo Rural como atividade econômica está relacionado ao município de Lages, em Santa Catarina, onde teriam surgido em 1986 as primeiras propriedades rurais abertas à visitação.

A partir de então a atividade começou a ser caracterizada como Turismo Rural e encarada como oportunidade por seus realizadores, que buscavam alternativas às dificuldades que o setor agropecuário enfrentava.

A partir do final de 1990, os aspectos positivos do Turismo Rural foram amplamente difundidos no País, fazendo com que um expressivo número de empreendedores de todas as regiões investissem nesse segmento, muitas vezes de forma pouco profissional ou sem o embasamento técnico necessário.

Em Bom Conselho, embora o município seja muito rico em propriedades históricas, jamais houve incentivo algum por parte dos gestores afim de promover uma divulgação maciça destes locais. Raras exceções, felizmente ainda existem alguns amantes da natureza que se preocupam com a preservação histórica e turística da região.

Vale ressaltar que alguns nomes tem se destacado na busca do resgate histórico e promovido a cultura dos costumes das localidades nas quais tem visitado. Um deles, trata-se do blogueiro, historiador e poeta, Cláudio André.

Cláudio, é idealizador do projeto “Poeta Viagens e Aventuras” e tem sido destaque nas redes sociais pelo seu desempenho na busca de locais que contem a história do lugar e sua importância tanto para o meio ambiente quanto para as atividades turísticas da região.

Em recente viagem a Banzaê – BA

Por conta disso, o historiador recentemente teve o seu projeto representado na II Edição do prêmio Pernambuco de Turismo, passando a fazer parte do cadastro da Secretaria de Turismo e Lazer do Estado de Pernambuco e da Empetur para fins de pesquisa, documentação e mapeamento das boas práticas e casos de sucesso do turismo pernambucano.

O projeto “Poeta Viagens e Aventuras“, tem como objetivo mostrar as belezas naturais de Bom Conselho e demais partes da região do nordeste.

Região Rural de Bom Conselho (Lagoa do Dô)

A bem da verdade, esta é uma luta constante deste e de outros poucos historiadores locais em busca da restauração, promoção e divulgação dos locais históricos e suas relíquias que poucos ou quase ninguém teve a oportunidade de conhecer de perto.

Mas falta ainda mais incentivos por parte dos governos, das empresas e do comércio local em patrocinar de uma forma justa este tipo de trabalho que só enriquece e torna conhecida a história, os costumes e a cultura do nosso povo.

Conheça o projeto “Viagens e Aventuras” pelo Portal e também pelo Instagram https://www.instagram.com/poetaviagenseaventuras/

Lembrando que um povo sem cultura é um povo sem história!

ACESSOS DA PÁGINA

JB ASSISTÊNCIA

ATENDENDO PELO WHATSAPP - 9.8166-3600

DISTRIBUIDORA LUCINDA

PASSAGENS AÉREAS

SUNDOWN PARK

PROVEDOR DE INTERNET

JB NO TWITTER

MAIS LIDAS DO MÊS