Siga-nos nas Redes Sociais


EDUCAÇÃO

Enem: estudantes voltam a fazer provas neste domingo (12)

Publicado

dia:

Inscrições vão de 11 a 22 de janeiro de 2021

Com quase 4 milhões de inscritos, o segundo dia de provas do Enem 2023 será aplicado neste domingo (12) em todo o país. Além de se preparar para as provas, os estudantes devem ficar atentos a documentação necessária.

É bom lembrar que os participantes podem usar documentos digitais para identificação no dia da prova. Segundo o Ministério da Educação, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), só serão permitidos e-Título, CNH ou RG  que forem apresentados por meio dos respectivos aplicativos oficiais. Eles informam que as capturas de tela não serão aceitas.

O Inep recomenda que o participante fique atento aos documentos de identificação válidos no acesso ao local de prova. De acordo com o órgão, além de constarem no edital, essas e outras informações importantes podem ser conferidas no Cartão de Confirmação de Inscrição, disponível na Página do Participante. Apesar de não ser obrigatório, também é recomendável levá-lo no dia do exame. 

As pessoas que não conseguirem apresentar um documento oficial com foto por motivo de extravio, perda, furto ou roubo poderá realizar as provas, mas terá que levar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame (5 de novembro). Nestes casos, a pessoa também será necessária uma identificação especial, no local de prova, feita por meio de uma coleta de informações pessoais. 

O segundo dia de aplicação da prova é neste domingo e muitos estudantes estão focados em tirar boas notas e alcançar aquela desejada vaga em uma universidade. Na opinião do professor da Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação do governo do Distrito Federal Alessandro Araújo, apesar de cada pessoa ter um ritmo de estudo de acordo com a sua realidade, é importante que todos estejam preparados.

“Para o ENEM 2023, algumas orientações se fazem extremamente necessárias, como, por exemplo, a elaboração do cronograma de estudo, a organização do tempo e revisão das áreas de maior dificuldade, cuidar da saúde mental, comer adequadamente, relaxar, procurar ouvir músicas que possam levar a sua mente a momentos de extrema concentração, como, por exemplo, músicas clássicas”, reforça.

O doutor em psicologia educacional pela Universidade de Reading, Inglaterra, e pesquisador em Educação, Afonso Celso Galvão, ainda acrescenta: “É um conteúdo enciclopédico e o que ele estudou, estudou —  o que não estudou paciência. Nessa reta final, o mais importante, por exemplo, é relaxar, descansar, dormir, ter uma boa noite de sono para estar bem desperto no dia seguinte”. 

O especialista diz que também é importante se preocupar com o dia da prova. “Levar alguma coisa para comer e ter muito foco em cada questão, começando pelas questões mais difíceis”, reforça.

Atenção na hora da prova

Durante todo o ano, os estudantes se prepararam para a prova dedicando-se aos conteúdos e, ao mesmo tempo, aprendendo a lidar com a ansiedade. Segundo o professor Alessandro Araújo, para obter um bom rendimento o aluno não pode esquecer um fator que considera essencial: a boa leitura das perguntas.

“Ler as perguntas com bastante profundidade, não ficando apavorado com alguns termos que você ainda desconhece. Se aquela pergunta for uma pergunta que você pode deixar para responder mais tarde, saia, vá para outra pergunta e faça essa mesma leitura, uma leitura profunda e muito dinâmica”, orienta.

A estudante do primeiro ano do curso preparatório de medicina, Giulia Caliope, tem 19 anos e sente a pressão para tirar notas altas e ingressar em um curso do ensino superior. Mas ela diz que também procura compensar todas as responsabilidades para não perder o foco — e acabar tendo um resultado que não gostaria.

“Para que eu conseguisse ter um ano equilibrado, um ano saudável, tive que aprender a respeitar meus limites, saber que se eu exagerasse nas doses de estudo que eu ia me desgastar exageradamente e que não ia conseguir ter 100% de aproveitamento no dia seguinte. Ao mesmo tempo eu já tinha uma rotina regrada”, revela.

Os estudantes terão cinco horas para resolver as provas de ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia), e matemática e suas tecnologias (matemática). Quem tiver direito ao tempo adicional ganhará  uma hora a mais para concluir as prova. A abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h, pelo horário de Brasília. O início da prova está marcado para as 13h30  e encerramento será às 19h. 

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Atualmente, é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni). 

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

Calendário

Segundo o Inep, os candidatos que fizeram o Enem 2023 podem conferir os gabaritos oficiais das provas objetivas no dia 24 de novembro, após a aplicação de todas as fases do exame. Já o resultado final será divulgado apenas no dia 16 de janeiro de 2024. São cerca de 3 ,9 milhões de inscritos confirmados nas 27 unidades da Federação, em 1.7 50 municípios de aplicação. Com 28,1%, a abstenção este ano foi similar à registrada no ano passado (28,3%). Foram cerca de 13,1% de pessoas inscritas a mais em 2023 em comparação a 2022.


Fonte: Brasil 61

ACESSOS DA PÁGINA

contador

ENTRE E CONHEÇA

V-LINK FIBRA

SUNDOWN PARK

Apresentação vCardPRO Digital

JB NO YOUTUBE

Siga o JB no Facebook

MAIS LIDAS DO MÊS