Siga-nos nas Redes Sociais


NOVIDADES

Religiosos fazem queixa formal em PE contra decreto que limita igrejas

Publicado

dia:

Religiosos de Pernambuco protocolaram um ofício na sede do governo do estado contra o decreto que cobra exame negativo de Covid-19 ou imunização completa para cerimônias com mais de 300 pessoas, em vigor desde a última segunda-feira (27).

A decisão do governador Paulo Câmara (PSB) recebeu críticas de diversas denominações religiosas. A Unigrejas (União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos) classificou a medida como uma perseguição religiosa, uma vez que restringe o acesso dos fieis aos cultos.

“Esse decreto do governador de Pernambuco, além de inconstitucional, é um ataque às igrejas, uma verdadeira perseguição religiosa. […] As igrejas sempre colaboraram com o poder público no trabalho educacional das pessoas, como elas deveriam se prevenir da pandemia, motivacional, trabalho social, emocional, psicológico, espiritual que tanto as pessoas precisam”, afirmou o presidente da Unigrejas, Bispo Eduardo Bravo.

Responsáveis por fazer a reclamação oficial contrária ao decreto, os pastores Alfredo Santana e Elenílson Brito, coordenador da Unigrejas em Pernambuco, disseram ter protocolado um “ofício de repúdio, de indignação, porque não é admissível tal decreto por parte do governo do estado”. De acordo com o pastor Alfredo, trata-se de um decreto que “impede as pessoas de cultuarem”.

MAIS UMA CONQUISTA

ACESSOS DA PÁGINA

NOSSA AGENDA TELEFÔNICA

SUNDOWN PARK

KM,03 - SALOÁ/PE

PROVEDOR DE INTERNET

RUA 13 DE MAIO Nº 05 - POR TRÁS DO SANTANDER

NOVOS PLANOS V-LINK FIBRA

BOM CONSELHO TEM

NO CENTRO DA CIDADE. ORGANIZAÇÃO: ULISSES MENDONÇA

JB NO TWITTER

MAIS LIDAS DO MÊS