Siga-nos nas Redes Sociais


CULTURA

Quem foi Nilo de Sousa Coelho?

Publicado

dia:

Biografia

Filho do coronel Clementino se Souza Coelho e Josefa Coelho. Estudou o secundário no Colégio da Bahia e Ingressou no superior na Faculdade de Medicina de Salvador. Em 1947, foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Democrático, para o mandato de 1947 a 1950. Foi eleito deputado federal em 1951.

Foi secretário da Fazenda do Estado de Pernambuco de 1952 a 1954 e nomeado governador biônico de Pernambuco pelo presidente Castelo Branco, para o quatriênio 1967/1971. Em 1971, Nilo Coelho concedeu a Frei Damião a Medalha Pernambucana do Mérito.

A 10 de Junho de 1974 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal.

Em 1978, foi eleito senador pela ARENA-I com a ajuda dos votos do candidato Cid Sampaio, da ARENA-II.

Foi Presidente do Senado no ano de 1983, representante do Estado de Pernambuco, tendo exercido o mandato de senador no período de 1979 a 1987. Faleceu no exercício da presidência do Senado em 9 de novembro de 1983, assumindo em seu lugar o senador Moacir Dalla em 11 de novembro de 1983. O cálculo dos votos era feito através da soma das sub-legendas e deu a vitória a Nilo, mesmo este tendo menos votos que o candidato da oposição, Jarbas Vasconcelos (MDB). Quando presidiu o PDS disse sua mais famosa frase – “Não sou presidente do Congresso do PDS; sou presidente do Congresso do Brasil”.

Dá nome à medalha concedida pela Prefeitura do Município de Petrolina a personalidades políticas e culturais da região.

Mandatos

  • Deputado estadual: 1947 – 1950
  • Deputado federal: 1951 – 1955
  • Deputado federal: 1955 – 1959
  • Deputado federal: 1959
  • Deputado federal: 1963 – 1967
  • Governador: 1967 – 1971
  • Senador: 1979 – 1983

*Wikipédia

ACESSOS DA PÁGINA

SUNDOWN PARK

KM,03 - SALOÁ/PE

PROVEDOR DE INTERNET

RUA 13 DE MAIO Nº 05 - POR TRÁS DO SANTANDER

NOVOS PLANOS V-LINK FIBRA

BOM CONSELHO TEM

NO CENTRO DA CIDADE. ORGANIZAÇÃO: ULISSES MENDONÇA

JB NO TWITTER

NOSSA AGENDA TELEFÔNICA

MAIS LIDAS DO MÊS